DIA DA LOJA DE DISCOS

Hoje se comemora o Record Store Day, ou na tradução literal, Dia da Loja de Discos. No mundo todo, lojas, selos, distros estão fazendo promoções para celebrar a cultura do disco. Gravadoras e bandas guardam seus lançamentos para o dia de hoje! E justamente hoje, nasce nosso blog.


Nosso intuito é fomentar a cena independente abrindo espaço para todos que produzam ou que sejam apaixonados por música, como a gente é. Mas esse post não vem falar sobre nós e sim sobre a data.

Na era do streaming, os artistas tem sido remunerados de forma exploratória pelas plataformas que lucram, E MUITO, com toda a base disponibilizada. Elas ajudam na divulgação dos trabalho? Com certeza, no entanto é justo que o lucro seja tão exacerbado e a remuneração do artista seja tão baixa? É claro que não. Esse é um assunto que ainda é pouco debatido, mas começou a ser analisado pela cena independente.

Hoje, a venda de uma unidade CD ou LP/Compacto, rende para o artista independente, mais que um mês de audições nas plataformas digitais. E é esse o ponto que gostaríamos de discutir. Desde a popularização do acesso à banda larga no Brasil, as bandas utilizam a internet como braço para divulgação de seu trabalho. O retorno financeiro para a sua subexistência (pois todos sabemos que são poucas aquelas que conseguem viver de música) advinha da venda de camisetas, cds e discos de vinil. No entanto, a popularização do streaming, em vez de ser apenas mais uma forma de se ajudar na divulgação de um artista, tem retirado o material físico da preferência do ouvinte.

Felizmente, graças aos amantes do vinil principalmente, a cultura da coleção de material físico e apoio ao artista independente por parte de selos e distros tem auxiliado no fortalecimento dos das auto gestão dos artistas.

Hoje, além de muitas fábricas de cds espalhadas pelo Brasil, temos duas fábricas de discos de vinil, sendo a mais recente, a Vinil Brasil. Essa, se localiza na cidade de São Paulo e merece o destaque por produzir conteúdo que auxilia o artista independente em viabilizar o seu LP ou compacto.

Guia para bandas independentes da Vinil Brasil

Enfim, podemos destrinchar as temáticas que envolvem os materiais físicos em muitos textos, mas, no dia de hoje, queremos apenas trazer essa alfinetada: você está apoiando o artista que se identifica com a música? Lembre-se que para produzir, ele possui muitos gastos com ensaios, equipamentos (compra e manutenção), gravação, prensagem entre tantos outros. Aproveite o dia, aproveite os descontos, adquira um disco e aproveite o som!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s